VotoCatólico: É tempo de esperança, é tempo também de combater e de orar

SÃO PAULO, 01 Nov. 10 / 11:15 am (ACI).- Em uma postagem recente no site Voto Católico, os responsáveis por esta iniciativa leiga que buscou dar critérios e orientações ao eleitorado católico, afirmam que para o Brasil, este é um tempo de esperança e oração. “É tempo de esperança, porque como o Papa recentemente nos lembrou, Cristo é o Senhor do mundo”, ressaltaram. A página VotoCatólico.com.br lembrou que também é tempo também de combater “combater toda iniciativa de agressão à pessoa humana, à sua liberdade, aos seus direitos fundamentais”. “A eleição terminou, mas a luta não”, afirmaram os leigos que pedem orações pela nova presidente eleita Dilma Rousseff e os outros governantes eleitos ontem.

Na recente postagem no site católico os editores de VotoCatólico afirmaram:
“A senhora Dilma Rousseff é a nova Presidente do Brasil. A primeira ex-guerrilheira no Executivo do país. Militante de um partido com uma agenda programática agressiva ao direito à vida e ao reconhecimento da família como comunidade fundada na união indissolúvel de um homem e uma mulher. Membro do núcleo duro do Partido que opera o projeto de um “socialismo democrático” que transcende a Lula, e que leva em si o gene autoritário. Segundo José Dirceu, “a eleição da Dilma é mais importante do que a eleição do Lula porque é a eleição do projeto político, porque a Dilma nos representa”.

Recordando o exemplo da Espanha,” onde o “socialismo democrático” liberou o aborto durante toda a gestação, reconheceu a união civil entre pessoas do mesmo sexo equiparada a matrimônio, e portanto, com direito à adoção; possibilitou o divorcio unilateral e imediato, restringiu a liberdade de educação dos pais e dos grupos religiosos, empreendeu uma intensa deconstrução das raízes culturais da nação, limita o direito à livre associação, e persegue o direito à objeção de consciência, entre outras coisas”. “Hoje sabemos o que sentiram os católicos espanhóis em 9 de março de 2008, quando Zapatero foi reeleito”, ressaltaram.

Assim VotoCatólico recorda que “é tempo de orar, de orar por todas as autoridades eleitas, todas elas. Orar pela senhora Dilma Rousseff, segundo nos ensina uma perene tradição eclesial “orem por todos os que têm autoridade, para que possamos viver uma vida calma e pacífica, com dedicação a Deus e respeito aos outros” . “A Igreja nos ensina que “não há autoridade que não proceda de Deus, e as autoridades que existem foram por ele instituídas”, ressaltaram também.

“É tempo também de combater. Combater sem descanso, sem medo, generosamente, sem descanso, sem respeitos humanos. Combater a imagem ideologizada do homem e da sociedade que pretende se impor, combater toda iniciativa de agressão à pessoa humana, à sua liberdade, aos seus direitos fundamentais, à reta constituição da família e da sociedade; combater o autoritarismo do chamado socialismo democrático, combater seu laicismo militante e pragmático, combater, sem nunca esquecer, que dito combate tem uma dimensão espiritual que lhe dá seu sentido profundo, trata-se de lutar para que Cristo, nosso Rei, reine na Terra de Santa Cruz”, destacou o artigo de VotoCatólico.

“É tempo de esperança, porque como o Papa recentemente nos lembrou, Cristo é o Senhor do mundo e exerce soberanamente seu poder. (…) Caros amigos, repetimos: é tempo de esperança. Como disse Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, o leão de Guarulhos, o Evangelho da Vida já ganhou. Só lembrem-se da alegria de ver a tantos e tantos acordar do sono morno e se colocar de pé na trincheira, dispostos à luta. Lembre-se do que experimentou ao ouvir Bispos que, com grande coragem e sem medo, por amor às suas ovelhas, alçaram sua voz, e dita voz foi escutada. Lembre-se do que sentiu ao escutar o próprio Pedro confirmar seus irmãos e nos encorajar a assumir nossa responsabilidade temporal”.
“Há quanto tempo isto não acontecia no Brasil!”, destacaram também os membros da iniciativa católica.

“É tempo de esperança e de organização”, afirmaram os membros de VotoCatólico, deixando para o leitor um texto do Beato Anacleto Gonzáles Flores, escrito em 1919, na época em que um poder autoritário preparava uma encarniçada luta contra as liberdades, especialmente a religiosa, afirmando que “este leigo, casado, com filhos, advogado, jornalista, apóstolo da juventude e líder de diversos grupos sociais, que morreu mártir, nos deixa como herança, hoje, uma palavra-chave: organização”.

O texto completo pode ser visto em:
https://www.votocatolico.com.br/2010/10/blog-post_8428.html

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies