Grupo de teatro blasfema contra os sagrados valores da fé católica.

Professor Felipe Aquino

Mais uma grave blasfêmia contra os sagrados valores da nossa fé católica acontece nos palcos do Teatro. É a peça “Decameron – o sagrado profano” -, uma adaptação da obra de Giovanni Boccaccio, conhecido ator erótico do século XIV. A peça é realizada pelo grupo teatral “BlasFêmeas”, a ser apresentada em outubro.

Escondendo-se atrás da “arte”, os atores representam quatro das novelas da obra: “A sacanagem”, “O convento”, “A beatificação” e “O purgatório”, todas com cenas pornográficas envolvendo religiosos. A direção é de Wladimir Pereira.

A apresentação está prevista para acontecer no Centro Cultural da cidade de Taubaté (SP).

Não há como não ver uma tentativa de desenterrar uma obra erótica do passado para jogar lama na Igreja e nos religiosos. Pode ter havido erros dos filhos da Igreja – eles são também pecadores -, mas daí a levar esses erros a público, em forma de comédia satírica, é tentar desmoralizar a fé católica e os religiosos. Por que não se faz isso com outras crenças? Por que não daria Ibope? Por que haveria ameaças de morte? Por que não daria fama?

É notório que profanar a Igreja chama a atenção, porque ela é a Instituição mais bem avaliada diante do povo, como mostram as pesquisas. Então, investem nesse tipo de atividade aqueles que querem “faturar” à custa dela, numa aliança sórdida com o desejo também de profaná-la.

A liberdade de expressão existe e é necessária, mas desde que não se ofenda as pessoas e sua fé; especialmente, os seus sagrados valores. Isso é um desserviço à cidadania e ao bom relacionamento; provoca ódio e reações fortes nas pessoas. Não se pode confundir liberdade com libertinagem. O meu direito de dar socos no ar vai até o limite de eu não ferir o nariz do meu irmão. Isso não seria mais liberdade, mas libertinagem.

Cabe aos católicos e às pessoas de boa conduta, boa vontade e ética, e que ainda prezam pelos bons costumes, manifestarem–se contra essas ofensas e blasfêmias maldosas, de modo não violento nem agressivo, mas firme e corajoso. Defender a fé e os bons costumes é um preceito da nossa Igreja.

Blog Shalom – Carmadélio

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies