Tribunal britânico autoriza soltura de Assange sob fiança

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, que está preso na Grã-Bretanha após ter sido acusado na Suécia de crimes sexuais, foi autorizado nesta terça-feira, 14, por um tribunal a deixar a prisão sob pagamento de fiança.

O juiz Howard Riddle concedeu o direito de fiança até que seja realizada outra audiência no dia 11 de janeiro.

O australiano de 39 anos, cujo site WikiLeaks enfureceu os Estados Unidos ao começar a divulgar cerca de 250 mil comunicações diplomáticas sigilosas, foi acusado este ano de má conduta sexual com duas voluntárias suecas do WikiLeaks.

Assange nega as acusações e rejeita ser extraditado para a Suécia.

Tags:
Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies