Preocupação da comunidade internacional pela possibilidade de aplicar a pena de morte na Guatemala

A comunidade internacional manifestou preocupação por uma resolução do Congresso da Guatemala que deposita nas mãos do Presidente da República a decisão de aplicar ou não a pena de morte por injecção letal para os condenados por tribunais de justiça.

Através da conferencia episcopal, a Igreja Católica no país, expressou-se várias vezes a favor da vida, um dos pontos principais do seu compromisso pastoral.

Na carta pastoral intitulada “A Glória de Deus é o homem vivo”, de 20 de Abril de 2007, os bispos afirmam: “A Igreja, com a sua benéfica presença em todos os segmentos da sociedade, não pode renunciar à sua clara missão de ser, como o seu fundador, Jesus Cristo, fiel defensora da vida”.

A União Europeia (UE), um dos maiores parceiros para o desenvolvimento da Guatemala, deplorou a resolução dos deputados locais, considerando-a um sinal preocupante enviado à comunidade internacional justamente quando se regista um consenso global em defesa da abolição universal da pena de morte.

Na Guatemala, que tentou realizar – sem resultados – a reforma do sistema judicial e da segurança pública, existem 41 prisioneiros condenados à morte por sequestro ou homicídio. Guatemala, Cuba e Estados Unidos são os únicos países da América em que está ainda em vigor a pena de morte.
A União Europeia frisou que a violência e o crime organizado são um grande problema na Guatemala e salientou que as autoridades desse país da América Central deveriam trabalhar pela progressiva abolição da pena de morte.

Radio Vaticano

Tags:

  ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies