Legalização de drogas não diminuirá violência no México, dizem analistas católicos

MEXICO D.F., 25 Nov. 10 / 01:10 pm (ACI).- A legalização das drogas não é uma “estratégia idônea para reduzir o número de mortes e violência gerada pelo diário enfrentamento entre cartéis pelo controle da venda de droga”, afirmou o Conselho de Analistas Católicos do México (CAM).

Em um recente comunicado, publicado no Sistema Informativo da Arquidiocese do México (SIAME), o CAM exigiu que os “líderes de opinião e políticos” que estão a favor da legalização das drogas, deixem de “enganar à opinião pública referindo o término legal como sinônimo de lícito”.

Os analistas católicos também recordaram que a proposta da legalização de narcóticos é incorreta pois “não se está liberando de algo mau, a não ser legalizando ou autorizando a cultura de morte, como no caso da legalização do assassinato do concebido”.

“O estado tem que atuar pelo bem da pessoa” reclamou o CAM e precisamente por “a insegurança e o medo” que se estende pelo México, “exortamos à opinião pública favorecer iniciativas pró cultura da vida”.

Tags:

  ●    ●    ●  

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies