Cada centavo gasto na operação de resgate valeu a pena, afirma presidente do Chile

Brasília – A operação de resgate, que retirou com vida os 33 mineiros soterrados por 70 dias no Deserto de Atacama no Chile, custou de US$ 10 a US$ 20 milhões. Mas o presidente chileno, Sebastián Piñera, disse hoje (14) que “cada centavo gasto valeu a pena”. Piñera passou a manhã de hoje com os trabalhadores, convidou-os para uma visita ao Palácio de La Moneda, sede do governo federal chileno, brincou com eles e posou para fotografias.

Piñera, que é apaixonado por esportes, desafiou os mineiros para uma partida de futebol no próximo dia 25. Segundo ele, haverá uma disputa entre os trabalhadores e a “seleção do La Moneda”. A seleção do governo é formada pelo presidente e por alguns de seus assessores. O presidente afirmou que disse aos mineiros: “Aqueles que perderem [a partida de futebol] voltam para mina, quem ganhar fica no La Moneda”.

As informações são da emissora de televisão estatal do Chile, a TVN. “Aqui não haverá impunidade para os responsáveis”, disse Piñera. “Sinto que depois deste maravilhoso processo de resgate que daqui para frente a expressão fazer ‘à la chilena’ significa fazer bem, com compromisso, fé e esperança”, afirmou o presidente, que acompanhou desde a madrugada de terça-feira (12) a operação de resgate da maioria dos trabalhadores.

Piñera concedeu a entrevista coletiva, depois de visitar os mineiros, que estão internados no hospital de Copiapó. Conversou com os trabalhadores, ouviu histórias, posou para fotografias e os convidou para uma visita ao Palácio de La Moneda, em Santiago, capital chilena. O presidente contou que recebeu telefonemas de todos os presidentes latino-americanos, do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, entre outros.

“Os mineiros que deixaram o refúgio não são os mesmos que foram soterrados em 5 de agosto. Eles estão vivendo uma nova vida, um verdadeiro renascimento. Isso, sim, é um milagre”, disse Piñera. “Depois do que ocorreu. o Chile é um país mais forte, mais unido, mais respeitado e querido no mundo.”

O presidente prometeu ainda buscar aperfeiçoar a legislação trabalhista no Chile para evitar que incidentes, como o que levou ao soterramento dos trabalhadores na Mina San José, voltem a ocorrer. Segundo ele, também fará cobranças aos empresários do setor de mineração. “Nunca mais vamos permitir que se trabalhe em condições desumanas, como as da Mina San José”, disse ele.

Piñera disse ainda que vai discutir futuramente com os mineiros sobre a ideia de transformar o Acampamento Esperança, criado pelas famílias dos trabalhadores, ao redor da mina, em um memorial. Segundo ele, também haverá um debate público sobre a cápsula usada para o transporte dos mineiros do abrigo, a 700 metros de profundidade, à superfície.

Pouco antes das 22h de ontem (13) a operação de resgate foi concluída. O último a sair do abrigo, a 700 metros de profundidade, foi Luis Urzúa. Ele é apontado como líder do grupo dos mineiros. No começo do dia ontem, nas primeiras horas da manhã, o mineiro Florencio Avalos foi o primeiro a ser resgatado. O processo de resgate levou pouco menos de 24 horas.

Agência Brasil

Tags:

  ●    ●  

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies