Sínodo dos Bispos para o Médio Oriente: intervenção de dois expoentes muçulmanos centrada no diálogo e na compreensão recíproca entre Cristianismo e Islão

Presença significativa nesta quinta feira nos trabalhos do sínodo dos bispos para o Médio Oriente que decorre no Vaticano até ao próximo dia 24 sobre o tema da comunhão e do testemunho. Na parte da tarde intervieram dois expoentes muçulmanos: o sunita Al Sammak, conselheiro politico do Grande Mufti no Líbano e o xiita Ayatollah Damad, professor de direito na Universidade de Teerão.

No centro dos seus discursos proferidos na presença do Papa, o diálogo entre o Islão e a cristandade.

Compreensão recíproca. Este o fio condutor das duas intervenções, para descrever as relações entre cristãos e muçulmanos. Em particular o xiita Damad reafirmou que a estabilidade do mundo se pode conseguir, somente se todos poderem viver sem medo do outro.
Portanto é essencial que os fiéis de cada religião possam exercer os próprios direitos sem se envergonharem. Certamente , prosseguiu ,no decurso da historia houve momentos escuros nas relações entre cristãos e muçulmanos e subsistem ainda pontos de vista reaccionários, mas existem Países islâmicos onde os cristãos vivem lado a lado com os muçulmanos. E é este o caminho que se deve prosseguir.
Na mesma linha se situou o sunita Al-Sammak: partilhamos o sofrimentos dos cristãos, – disse – sobretudo depois do 11 de Setembro que desencadeou uma fobia em relação ao Islão. Mas agora somos chamados a trabalhar juntos, no respeito dos direitos e dos deveres, na luta contra o extremismo, na promoção da cultura, da amizade e do perdão. Porque uma presença cristã no Oriente que actua juntamente com o Islão é uma necessidade para o mundo inteiro.
Mas nesta quinta feira no sínodo sobre o Médio Oriente falou-se também da emigração, definida um direito inalienável, em linha com o respeito da liberdade e da dignidade humana, a urgência de potenciar a comunicação olhando também para a tecnologia digital, o ecumenismo, verdadeiro desafio da Igreja contemporânea e a recuperação da família como Igreja domestica.

Radio Vaticano

Tags:
Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies