“O primado de Deus é o primado da verdade e do amor”: Bento XVI em mensagem enviada a Simpósio Internacional sobre John H. Newman

Ao longo de toda a sua existência, Newman foi alguém que sempre se foi convertendo, transformando; e foi assim que ele permaneceu ele próprio, tornando-se cada vez mais ele próprio. – Observações de Bento XVI, numa mensagem pessoal ao Simpósio Internacional que decorre hoje e amanhã em Roma tendo como tema “O primado de Deus, na vida e nos escritos do Beato John Henry Newman, promovido pela Universidade Gregoriana e pelo Centro Internacional dos Amigos de Newman.


Referindo a “conversão” juvenil referida nos escritos autobiográficos do Beato, o Santo Padre considerou que tal experiência constituiu a base para o primado de Deus na vida de Newman. A partir daí, ele deixou-se guiar por “dois critérios fundamentais… que manifestam plenamente” esse primado de Deus”.

Antes de mais, “a santidade, acima da paz”. Um ideal que comportou para ele “um grande preço a pagar”. De facto, Newman – observou o Papa – “como anglicano mas também como católico, teve que suportar muitas provações, desilusões e incompreensões. Contudo nunca se abaixou a falsos compromissos ou se contentou com fáceis consensos. Permaneceu sempre honesto na busca da verdade, fiel aos apelos da sua própria consciência e visando o ideal da santidade”.

O segundo princípio escolhido por Newman – “o crescimento é a única expressão da vida” –exprime perfeitamente (segundo o Papa) a disposição de Newman “a uma contínua conversão, transformação e crescimento interior, apoiando-se sempre confiadamente em Deus”. Esta sua experiência de crescimento, na fidelidade a si mesmo e à vontade do Senhor, exprimiu-a ele nas conhecidas palavras: “Aqui na terra, viver é transformar-se. A perfeição é o resultado de muitas transformações”.
“Ao longo de toda a sua vida, Newman foi alguém que se converteu, que se transformou, e foi desse modo que permaneceu ele próprio, se tornou cada vez mais ele próprio”. “O primado de Deus traduz-se, portanto, para Newman, no primado da verdade, uma verdade que há que procurar antes de mais dispondo ao acolhimento a sua própria interioridade, num confronto aberto e sincero com todos, culminando no encontro com Cristo, Caminho, Verdade e Vida” – conclui o Papa.

Radio Vaticano

Tags:
Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies