Filme sobre a vida de Edith Stein será lançado em 2012.

A fim de ser exibido nos cinemas em 2012, o famoso diretor americano Joshua Sinclair revelou detalhes sobre o filme “a Vida de Edith Stein” que iniciará a gravação, entre maio e julho de 2011.

70 anos após a morte da grande filósofa judia que se tornou freira carmelita (morta no campo de concentração de Auschwitz por ser judia ), o projeto para levar o nome de “Edith” é uma co-produção entre a Áustria ea Alemanha. A escolha do elenco já começou.

De acordo com declarações do próprio Sinclair ao jornal Avvenire (cf. 2011/02/14),Universal Pictures vai distribuir o filme nos Estados Unidos.

De onde vem o interesse em que agora é conhecido como Santa Teresa Benedita da Cruz, co-padroeira da Europa? “Descobri há dois anos, por curiosidade”, diz Joshua Sinclair. Tendo ouvido falar tanto sobre ela começou a ler seus escritos, a partir da fenomenologia.

Gostaria de saber sobre a experiência de uma mulher que reconheceu a grandeza de Jesus sem repudiar suas origens. Uma mulher que passou do judaísmo ao ateísmo e depois redescobrir a Deus através de Jesus Cristo.

Na entrevista Sinclair também expressou sua esperança e convicção de que uma iniciativa deste tipo tem o sucesso que merece e, em seguida, concluiu dizendo: “É necessário que nós, como diretores tenhamos mais respeito por estas coisas”, referindo-se a filmes como O Código Da Vinci, em vez caluniar e enganar o fato religioso, “Eu sei quem é Ron Howard, conversei com ele sobre isso. Eu disse: ” Você é novo, um grande cineasta, você não tem necessidade de um livro deste tipo para fazer um filme.”Nós devemos usar nossos filmes para trazer mais esperança e espiritualidade a o mundo. “

Fonte: Religião e Liberdade.

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Uma resposta

  1. .”Nós devemos usar nossos filmes para trazer mais esperança e espiritualidade a o mundo. “

    Está frase é maravilhosa seria bom se todos os cineastas pensasse da mesma forma e fizessem filmes,com o intuito de edificar o homem para o que é bom , que é Deus.e que assim por conseqüência criassem filmes, que proclamassem o amor a família o respeito as crianças que são o futuro, e que por muitas vezes são esquecidas ignoradas até por nós mesmos que somos cristão, as crianças são a riqueza da igreja temos que cuidar muito bem deste lindo tesouro e exemplo de pequenez e entrega que elas são para nós. hoje os filmes infelizmente só mostram o desrespeito a família a igreja e ao próximo,fazendo do homem, mais egoísta e o distanciando de Deus. Que hoje divulguemos atos brilhantes como o desse cineasta, e peçamos a Deus que muitos sigam o exemplo maravilhoso dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies