Cardeal Bertone deposita relíquias de Santo André na Catedral Ortodoxa de Astana, no Cazaquistão

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 30-11-2010, Gaudium Press) Na manhã desta terça-feira, o cardeal secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone, entregou em nome do Papa na Catedral ortodoxa da Assunção em Astana, no Cazaquistão, dois fragmentos das relíquias do apóstolo Santo André, que eram veneradas em Amalfi, na Itália.

O secretário de Estado vaticano se encontra no país em por ocasião do Encontro de Chefes de Estado e de Governo dos países que compõem a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), que começa amanhã e durará dois dias. Ao término da cúpula, o número dos do Vaticano empreenderão uma viagem apostólica pelo Cazaquistão.

Durante a celebração litúrgica na Catedral ortodoxa, o cardeal Bertone declarou, em sua homilia: “Para nós cristãos, o dever do amor recíproco é bastante urgente”. A entrega das relíquias veneradas pelos católicos coincide com a celebração da festa de Santo André, hoje, no calendário latino.

Em sua homilia, o cardeal recordou a figura do Santo, “o primeiro dos Apóstolos a ser chamado a seguir Jesus” – razão pela qual na liturgia bizantina o santo apóstolo é chamado o “Protóklitos”, do grego “o primeiro chamado”.

Hoje, seguindo o exemplo de Santo André, segundo o qual a fé vem do escutar, a Igreja deve recordar que a Palavra de Deus é o “alimento indispensável para a alma”, com o qual “devemos nos nutrir por toda a vida”. Porque “nada na vida pode ter consistência, nada pode verdadeiramente nos satisfazer se não é nutrido, penetrado, iluminado, conduzido pela Palavra do Senhor”.

Em Amalfi, Santo André é venerado como protetor dos pescadores. A cidade celebra duas festividades do santo patrono: 30 de novembro, dia de sua morte, acontecida no ano 60; e o 27 de junho, aniversário do milagre da salvação da cidade atribuído à sua intercessão, após a invasão dos piratas em 1544. Os dois fragmentos das relíquias foram dados em resposta ao pedido do então metropolita ortodoxo Mefodji e do arcebispo católico Tomash Peta.

Tags:
Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies