Arcebispo de Aparecida é nomeado cardeal

O Papa Bento XVI anunciou que o Arcebispo de Aparecida e atual presidente do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM) , Dom Raymundo Damasceno Assis, está na lista dos 24 novos cardeais que serão criados no Consistório do próximo dia 20 de novembro.

“Os Cardeais têm a missão de ajudar o Sucessor do Apóstolo Pedro no cumprimento de sua missão de princípio e fundamento perpétuo e visível da comunhão na Igreja (cf. Lumen gentium, n. 18)”, explicou o Santo Padre ao fazer o anúncio, logo após a Catequese.

Os novos cardeais provêm de quatro continentes: 15 europeus (incluindo 10 italianos); 4 africanos e americanos, 1 asiático.

Este será o terceiro Consistório do Pontificado de Bento XVI. Os cardeais chegarão a um total de 203, dos quais 121 eleitores. Os integrantes da Cúria Romana nomeados são:

– prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Dom Angelo Amato;
– prefeito da Congregação para o Clero , Dom Mauro Piacenza;
– presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Dom Gianfranco Ravasi;
– penitenciário-mor do Tribunal da Penitenciária Apostólica, Dom Fortunato Baldelli;
– presidente da Prefeitura dos Assuntos Econômicos da Santa Sé, Dom Velasio De Paolis.
– prefeito do Tribunal da Assinatura Apostólica, Dom Raymond Leo Burke;
– presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, Dom Kurt Koch;
– presidente do Pontifício Conselho Cor Unum, Dom Robert Sarah.

Também receberão o barrete cardinalício:

– pró-patrono da Ordem de Malta, Dom Paolo Sardi;
– Arcipreste da Basílica de São Paulo, Dom Monterisi Francis.

Entre os bispos à frente de dioceses, serão criados cardeais:

– Arcebispo de Palermo, Dom Paolo Romeo;
– Arcebispo de Mônaco da Baviera, Dom Reinhard Marx;
– Arcebispo de Varsóvia, Dom Kazimierz Nycz;
– Arcebispo de Washington, Dom Donald W. Wuerl;
– Arcebispo de Kinshasa, Dom Laurent Monsengwo Pasinya;
– Arcebispo emérito de Lusaka, Dom Medardo Joseph Mazombwe;
– Arcebispo de Colombo, Dom Malcom Ranjith Patabendige Don;
– Arcebispo emérito de Quito, Dom Raúl Eduardo Vela Chiriboga;
– Patriarca de Alexandria dos Coptas, Dom Antonio Naguib.

Finalmente, o Papa também criará quatro cardeais com mais de oitenta anos e, portanto, não-eleitores no conclave. São eles:

– Arcebispo emérito Ordinário Militar da Espanha, Dom José Manuel Estepa Llaurens;
– antigo presidente da Pontifícia Academia para a Vida, Dom Elio Sgreccia;
– o ex-Maestro Diretor da Capela Musical Pontifícia Sistina, padre Domenico Bartolucci;
– o ex-presidente da Pontifícia Comissão de Ciências Históricas, padre Brandmüller Walter.

“Na lista dos novos Purpurados, reflete-se a universalidade da Igreja; de fato, eles provêm de várias partes do mundo e desenvolvem diferentes tarefas a serviço da Santa Sé ou através do contato direto com o Povo de Deus enquanto Padres e Pastores das Igrejas Particulares. Convido-vos a rezar pelos novos Cardeais, pedindo a particular intercessão da Santíssima Mãe de Deus, a fim de que desenvolvam frutuosamente seu ministério na Igreja”, concluiu o Pontífice.

Fonte:
Canção Nova

Tags:

  ●    ●  

Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies