Viver totalmente para Deus

Viver uma vida virtuosa é um desafio e um aprendizado para toda a vida. No decorrer deste caminhar algumas perguntas surgem e a mais importante delas é: 

Você sabe o que deseja?

Se você é como a maioria das pessoas, às vezes fica confuso sobre seus desejos. As pessoas falam sobre o desejo de viagens, de bens materiais, as tentações do paladar, e inúmeras situações que desejam. Mas já ouviu alguém desejar de forma ardente a conquista de alguma virtude? Provavelmente não. 

No mais íntimo de nossos corações existe um profundo anseio em que algumas pessoas passam a vida toda procurando, mas, na realidade, só o encontramos em Deus. Não existe nada na face desta Terra que vai preencher por completo os desejos que vão surgindo nesta incrível jornada que é a vida. É necessário trilhar um caminho que muitas vezes não é fácil para adquirir a plenitude de nossos desejos; então, se não houver a conquista das virtudes, será impossível chegar Deus 

Mas afinal, o que é virtude?

Quer você saiba, ou não, ansiamos de maneira muito profunda por satisfação pelas virtudes. Nós somos a imagem do Amor Poderoso que é o nosso Deus. Porém, após o pecado original cometido por nossos “pais” (Adão e Eva), o egoísmo tomou conta do coração humano e isto levou ao sentimento de vazio, criando chances de nos perdermos, através do pecado, pela busca desenfreada de suprir os nossos desejos. O pecado sempre provoca danos à nossa vida, seja física e principalmente a vida espiritual. Fomos projetados para ter uma vida virtuosa. 

As virtudes são a principal ferramenta para vencer as tentações dos pecados. 1A virtude é uma disposição habitual e firme para fazer o bem. Permite à pessoa não só praticar atos bons, mas dar o melhor de si. Com todas as suas forças sensíveis e espirituais, a pessoa virtuosa tende ao bem, procura-o e escolhe-o na prática. 

O que a Igreja nos ensina sobre virtudes?

No parágrafo 1804 do Catecismo da Igreja Católica, nos diz que: 

2As virtudes humanas são atitudes firmes, disposições estáveis, perfeições habituais da inteligência e da vontade, que regulam os nossos atos, ordenam as nossas paixões e guiam o nosso procedimento segundo a razão e a fé. Conferem facilidades, domínio e alegria para levar uma vida moralmente boa. Homem virtuoso é aquele que livremente pratica o bem. 

Além disso, o catecismo nos ensina que “3os grandes sentimentos não determinam a moralidade nem a santidade”, ou seja, conquistar uma virtude é uma escolha, que por sinal, em muitas situações exige um esforço muito grande. A virtude é uma verdadeira graça concedida por Deus que O alegra, alegra os outros e nos alegra.

Irmãos, convido vocês a aprenderem sobre os diferentes tipos de virtudes, pois elas são fundamentais para vencer as tentações que se impõem a todo ser humano. A partir do parágrafo 1805, o Catecismo da Igreja vai nos apresentar os tipos de virtudes, como: Fé, Esperança, Caridade, Prudência, Temperança, Fortaleza e Justiça. Tendo estes conhecimentos, podemos buscar de maneira eficaz o que precisamos, a fim de trilhar um caminho de santificação em nossa jornada. 

É impossível ser inteiro de Deus sem a prática de uma vida virtuosa. O Amor é a peça fundamental para este caminhar, pois ele molda a maneira do viver. Em uma das cartas de São Pedro, ele nos diz: 

“Por isso mesmo, dedicai todo o esforço em juntar à vossa fé a fortaleza, à fortaleza o conhecimento, ao conhecimento o domínio próprio, ao domínio próprio a constância, à constância a piedade, à piedade a fraternidade, e à fraternidade, o amor. Se estas qualidades existirem e crescerem em vós, não vos deixarão vazios e estéreis no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. Mas quem delas carece é um míope, um cego: esqueceu-se de que foi purificado de seus pecados de outrora. Por isso, irmãos, cuidai cada vez mais de confirmar a vossa vocação e eleição. Procedendo assim, jamais tropeçareis. Desta maneira vos será largamente proporcionado o acesso ao reino eterno do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.” (2Pd 1: 3, 11)

Não é necessário ser uma pessoa extraordinária ou um herói para viver virtuosamente. Porém, se você, por intermédio do Espírito Santo, decidir de maneira firme e objetiva viver de maneira agradável aos olhos de Deus, não tenha dúvidas que o Céu se alegrará. 

São Gregório de Nissa nos diz que “o objetivo de uma vida virtuosa é tornar-se semelhante a Deus.”

Caros irmãos, se o teu desejo é chegar à Terra celeste, quais virtudes você precisará conquistar?

Que o Amor Poderoso de Nosso Senhor lhe abençoe e lhe conceda a graça necessária para a conquista de Suas virtudes. 

Leandro Ruyz
Vocacionado da Comunidade Pantokrator

 

¹ Artigo 7 – AS VIRTUDES, parágrafo 1733, (CIC)
2 Parágrafo 1804, (CIC)
3 Parágrafo 1768, (CIC)

 

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Recomeços

A multidão se aglomera, alguém começa a contagem regressiva e, de repente, eles começam a explodir no céu. Eles são lindos, de diversas cores e

Leia mais »
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies