Ser católico: O que pode ou não pode?

Ser católico: O que pode ou não pode?

“Não julgueis que vim abolir a Lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição.” Mt 5, 17

Para nós, católicos, para você católico, a Lei deve ser vista e vivida como proteção de Deus às nossas almas. Os dez mandamentos são leis universais, porém, bem explicados e aprofundados pelo Catecismo da Igreja Católica com seus mais de dos mil anos de experiência. Com base neles, nossa Mãe Igreja também tem suas diretrizes particulares para orientar os fiéis no caminho da salvação e da perfeição cristã.

Além dessas leis que pretendem nos libertar do pecado para a vivência da liberdade no Espírito Santo, baseada nelas e a elas sujeitas, se estendem inúmeros pontos a serem considerados em cada situação de nossas vidas.

Numa frase: Amar sempre pode! Falo aqui do amor de verdade, não de suas caricaturas que mais são egoísmos disfarçados do que amor propriamente dito.

“Amai-vos uns aos outros como eu vos amo.”  Jo 15,12

Se subjugarmos tudo a esse critério, saberemos mais claramente o que pode e o que não pode, ou melhor, o que convém e o que não convém ao cristão católico para sua própria salvação e santificação. Uma consciência bem formada é dever do cristão, pois Deus lhe dá tudo o que necessita para julgar as situações como um bem ou um mal e decidir-se pelo bem. Essa é a verdadeira liberdade: decidir-se sempre pelo bem! Se assim o for, o mal nunca dominará sobre nós e não seremos escravos dele.

Se levarmos a sério a oração que rezamos diariamente, O Pai Nosso, lá pedimos que seja feita a vontade de Deus. Se buscarmos sinceramente Sua vontade Santíssima, Ele nos ajudará sempre nas decisões que precisaremos tomar em nossas vidas, tanto nas pequenas do dia a dia, quanto nas maiores, que demandam mudanças mais significantes.

Porém, precisamos acostumar nossas consciências a submeter ao Amor todas as coisas. Isso é um exercício contínuo. “Onde estarei amando mais?”, “O que é amar nessa situação?”, são algumas perguntas que podem nos ajudar a discernir. Se nosso objetivo é o Céu, a união definitiva com Deus, que é Amor, esse exercício poderá nos ajudar desde aqui na terra a preparar a nossa eternidade. O Amor contém uma sabedoria misteriosa que nos impulsiona a acertar pois nos lança na vontade de Deus, e a obediência a Ele nos será infalível na conquista da vida eterna.

Rosana Vitachi
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Tags:

  ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Livro

O Livro que eu sou

Hoje te convido a uma viagem especial, descalce os sapatos e deixe-se levar na estrada das palavras desta breve reflexão. Imagine que seus pés caminham

Leia mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies