Qual o real e único sentido do Natal?

Natal

Pode até parecer clichê falar dessa comemoração; afinal, é uma data que celebramos todos os anos. Mas a grande questão é: Qual é o real e único sentido do Natal? Não há outro sentido do Natal, senão a vinda ao mundo de Jesus Cristo, o Nosso Salvador. É, sem dúvida, um grande mistério de amor e de perdão que se revela através do Natal. Você, alguma vez, já parou para pensar que Deus poderia ter nos salvado de outras mil maneiras? Por fim, Ele quis nos dar o Seu Filho Amado, para que habitasse e vivesse entre nós.

Antes da vinda de Jesus ao mundo, nós vivíamos sem esperança, só havia escuridão. Mas a Palavra nos diz: “Ele nos arrancou do poder das trevas e nos introduziu no Reino de seu Filho muito amado, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados” (Cl 1,13-14).

É necessário entender que o Natal dá sentido à nossa existência. A vinda de Jesus Cristo, o Messias esperado, é o que dá o verdadeiro e único sentido para as nossas vidas, como nos diz com maestria São João Paulo II: “Sem Jesus Cristo o homem permanece para si mesmo um desconhecido, um enigma indecifrável, um mistério insondável; pois só Jesus Cristo revela o homem ao próprio homem” (Encíclica Redemptor Hominis).
O Natal, com a vinda de Jesus, é o próprio perdão de Deus que se revela à humanidade. Eis o grande convite do Natal do Senhor: Vinde, adoremos o Menino Jesus que nasceu e está no presépio, pois Ele veio para nos salvar de todo o pecado, de todas as trevas e nos trazer felicidade, alegria, amor e perdão.
Por isso, neste Natal, quero lhe fazer um convite ao perdão, sobretudo com relação aos seus familiares, que são aqueles que mais nos machucam tantas vezes, pois nos conhecem intimamente. Digo a você: sem esse passo, é praticamente impossível entender o significado do Natal, pois, ao enviar o Seu Filho para nos resgatar do pecado e da morte, o Seu perdão se realizou e, por isso, celebramos anualmente o Natal: para recordar que Deus continua nos amando e nos perdoando.

Obviamente, esse perdão e imenso amor foram colocados à prova na grande Solenidade Católica: a Páscoa. Por meio dela, o Senhor nos reconciliou por completo por meio de Sua Paixão, Morte e Ressurreição.
Mas, pensemos que, sem o Natal, não seria possível a Páscoa Salvadora de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Então, vivamos este Natal intensamente. Olhemos para Jesus no presépio e O adoremos de todo o nosso coração no seio de nossas famílias. Que Ele seja o centro de toda comemoração e o verdadeiro sentido de nossa alegria.

 

Marcos Augusto Morais
Consagrado da Comunidade Católica Pantokrator.

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Vinho

SEM VINHO, SEM VIDA!

Deus escolheu o vinho. De tantas e tantas possibilidades de milagres para iniciar sua vida pública, Jesus optou por transformar água em vinho. Já parou

Leia mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies