Os doze apóstolos e o apostolado

Apóstolos

Você sabe quais foram os apóstolos de Cristo? Sabe um pouco sobre a vida de cada um deles?

Os doze apóstolos escolhidos por Cristo são: André Bartolomeu (Natanael), Tiago (Filho de Alfeu), Tiago (Filho de Zebedeu), João, Judas (não o Iscariotes), Judas Iscariotes, Mateus, Filipe, Simão Pedro, Simão Zelote, Tomé e Matias, que substituiu Judas Iscariotes após a morte de Cristo.

A escolha dos doze apóstolos

Assim como nos demais evangelhos, temos no Evangelho de Lucas a seguinte passagem sobre a escolha dos doze apóstolos: “Naqueles dias, Jesus retirou-se a uma montanha para rezar, e passou aí toda a noite orando a Deus. Ao amanhecer, chamou os seus discípulos e escolheu doze dentre eles que chamou de apóstolos: Simão, a quem deu o sobrenome de Pedro; André, seu irmão; Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu; Simão, chamado Zelador; Judas, irmão de Tiago; e Judas Iscariotes, aquele que foi o traidor.” (Lc 6, 12-16)

Alguns capítulos depois, ainda no Evangelho de Lucas,  podemos ver um pouco da missão que Jesus confia aos apóstolos: “Reunindo Jesus os doze apóstolos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curar enfermidades. Enviou-os a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos.” (Lc 9, 1-2)

Quanto a eleição de Matias, após a ressurreição de Cristo, vemos em At 1, 15-17.21-26: “Em um daqueles dias, levantou-se Pedro no meio de seus irmãos, na assembléia reunida que constava de umas cento e vinte pessoas, e disse: ‘Irmãos, convinha que se cumprisse o que o Espírito Santo predisse na escritura pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam Jesus. Ele era um dos nossos e teve parte no nosso ministério. Convém, pois, que destes homens que têm estado em nossa companhia todo o tempo em que o Senhor Jesus viveu entre nós, a começar do batismo de João até o dia em que de nosso meio foi arrebatado, um deles se torne conosco testemunha da Sua ressurreição.’

Propuseram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome Justo, e Matias. E oraram nestes termos: ‘Ó Senhor, que conheces os corações de todos, mostra-nos qual destes dois escolheste para tomar neste ministério e apostolado o lugar de Judas que se transviou, para ir para o seu próprio lugar’. Deitaram sorte e caiu a sorte em Matias, que foi incorporado aos onze apóstolos.”

Além da missão que Cristo confiou a todos os apóstolos, cada um tinha uma missão específica. Que ao continuar a leitura deste texto, você faça uma reflexão do que pode levar da vida dos apóstolos para a sua vida, para que assim como eles, consiga cumprir a missão que Deus te confia!

A missão pessoal de cada um dos apóstolos

André, irmão de Simão Pedro, era um dos seguidores de João Batista. Ao ouvir falar de Jesus, foi à procura de seu irmão e levou-o até Jesus. (cf Jo 1, 40-42)

Pouco se sabe sobre Bartolomeu (Natanael), mas quando Jesus o encontra, demonstra confiança nele, como vemos em Jo 1, 47: “Jesus vê Natanael, que lhe vem ao encontro, e diz: ‘Eis um verdadeiro israelita, no qual não há falsidade’.

Quanto a Tiago, filho de Alfeu, não se sabe ao certo se ele se trata de Tiago Menor, mas sabe-se que ele sempre se dedicou e amou a Cristo.

Tiago, filho de Zebedeu, assim como seu irmão João, respondeu prontamente ao chamado de Cristo. Ele também estava presente na Transfiguração (cf Lc 9, 28-29).

João, irmão de Tiago e filho de Zebedeu, amava muito a Jesus. Ele foi o único apóstolo que permaneceu ao pé da cruz de Cristo. Além disso, foi para ele que Jesus entregou os cuidados de sua mãe, como vemos em Jo 19, 26-27: “Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: ‘Mulher, eis aí o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí tua mãe’. E dessa hora em diante o discípulo a recebeu como sua.”

Judas, não o Iscariotes, também chamado de Tadeu (cf Mt 10,3). Conta-se que uma vez Jesus enviou Judas ao rei Abgar da Mesopotâmia a fim de orar pela sua cura e segundo a tradição, depois da ascensão de Jesus, Judas foi a Abgar e permaneceu para pregar em várias cidades da Mesopotâmia.

O discípulo Mateus, também chamado de Levi, que era cobrador de impostos, ao ser chamado por Cristo, logo o seguiu. Acredita-se que Mateus era um homem rico, pois logo depois fez um banquete em sua casa (cf Lc 5, 29).

O Evangelho de João é o único a falar sobre Filipe. Foi Filipe quem apresentou Natanael a Jesus (Jo 1, 45-51). Assim, Jesus também chamou a Natanael (ou Bartolomeu) para segui-lo. 

Talvez você já saiba um pouco sobre Pedro, que foi nosso primeiro papa.

Pedro, foi aquele que reconheceu Cristo como filho de Deus, em Mt 16, 15-16: “Disse-lhes Jesus: ‘E vós quem dizeis que eu sou?’ Simão Pedro respondeu: ‘Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!’”

Logo em seguida, vem a promessa de Cristo, em Mt 16, 18-20: “E eu te declaro; tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja: as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus”.

Ainda sobre Pedro, é importante lembrar que ele foi aquele apóstolo que falou que ficaria sempre com Jesus (cf Lc 22, 33-34), mas conforme a predição de Jesus, Pedro o negou três vezes (cf Lc 22, 54-62). Mas, diante do arrependimento por ter negado a Cristo, Pedro reconhece sua fraqueza, o que faz dele uma pessoa humilde.

Sobre Simão Zelote, não se sabe ao certo quando foi chamado por Cristo, pois a Bíblia não indica este momento.

Sobre Tomé, também chamado Dídimo (cf Jo 20,24), foi aquele que não acreditou que Cristo apareceu para os apóstolos depois de Sua ressurreição e que depois teve o privilégio de poder tocar em Suas chagas. (cf Jo 20, 25-28)

Quanto a Matias, substituto de Judas Iscariotes, a Bíblia não diz nada a respeito de seu ministério. Porém, conforme já citado na passagem de sua eleição, mesmo antes da ressurreição de Cristo, Matias já O seguia.

Ao tomarmos conhecimento sobre a vida dos apóstolos, podemos ver que alguns tinham um destaque maior nas escrituras, enquanto não se sabe muito da vida de outros. Mas há algo de interessante que é a prontidão do ‘Sim’ a Cristo diante do chamado que Ele faz na vida de cada um.

Que, assim como os apóstolos, você tenha a coragem de se lançar na vontade de Deus para a sua vida.

Que Deus o abençoe!

Deise Castro
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Livro

O Livro que eu sou

Hoje te convido a uma viagem especial, descalce os sapatos e deixe-se levar na estrada das palavras desta breve reflexão. Imagine que seus pés caminham

Leia mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies