Felicidade é para mim

Como ser feliz? Essa ainda é uma busca que tem sentido?  

No decorrer de nossas vidas, estamos sempre em busca de respostas. E, frequentemente, fazendo os mesmos questionamentos para aliviar incertezas sobre a condição humana e o futuro. 

Durante toda a história, a felicidade pode ser compreendida como conhecimento, sentido de vida, busca pelo prazer, entre outros. Atualmente muitos estudiosos dedicam suas vidas para refletir sobre o sentido da vida, o propósito das emoções e a psicologia por trás da autorrealização.

Mas, estaria a felicidade relacionada à autorrealização? 

Para muitas pessoas, a felicidade parece ser um sorteio na loteria, destinado a um grupo de privilegiados que vieram a este mundo com a “sorte grande”. Muitas pessoas passam uma vida inteira esperando o dia em que serão felizes. Esperam por aquela casa que ainda não chegou, pelo carro novo, pelo trabalho dos sonhos, viagens, pelo relacionamento perfeito… É uma lista interminável. Depositam a sua felicidade em expectativas em relação àquilo que é externo, como bens materiais, pessoas e determinadas conquistas. E, neste caminhar, não é difícil encontrar quem já desistiu de acreditar que pode ser feliz, enterrando a sua alegria junto com os sonhos e perdendo o sentido da verdadeira felicidade.  

Não estou dizendo que realizar aquela viagem dos sonhos, conquistar aquele emprego tão desejado, entre outras realizações, não seja saudável. Contudo, são situações que nos proporcionam felicidade momentânea. Bens materiais perdem o valor, viagens e dinheiro podem acabar; pessoas nos decepcionam. 

Ser feliz aqui e agora

Talvez neste exato momento você esteja infeliz, triste, desapontado(a), cansado(a) de fazer planos e não alcançar aquilo que tanto almeja. E, nessa busca por algo que não chegou, vive lamentando a vida, frustrado(a) e decepcionado(a) com a própria existência. 

Infelizmente, no mundo contemporâneo existe uma ideia distorcida do conceito de felicidade.  As redes sociais são terreno fértil para exposição de vidas perfeitas e invejáveis. E, infelizmente, vamos criando uma “obrigação” de parecer feliz, próspero e pertencente aos mais altos padrões de satisfação pessoal e status social. 

Certamente você já caiu nesses clichês da felicidade, em que parece que, quanto mais temos, mais felizes nós somos! E por esse motivo vamos nos tornando como um poço sem fundo, insaciáveis.  

É incrível notar como já adotamos o prazer efêmero como sinônimo de felicidade. Contudo, em longo prazo, percebemos, finalmente, que sensações são somente sensações e não são capazes de sustentar a verdadeira felicidade que ultrapassa todo e qualquer entendimento daquilo que o mundo não pode nos dar. 

A verdadeira felicidade está em ser feliz independentemente daquilo que temos, somos ou possuímos. Como nos diz a Escritura: a felicidade é confiar no Senhor, confiar nos planos d’Aquele que é maior do que nós. A felicidade que podemos encontrar aqui, a realização pessoal, os sonhos, as esperanças, as curas, as conquistas, nada se compara à felicidade prometida por Jesus. De fato, se compreendemos e confiamos que Deus é maior do que nossos projetos de vida nesta terra, então, sim, podemos ser verdadeiramente felizes, mesmo em meio a enormes sofrimentos.

O segredo da verdadeira felicidade

A felicidade é fruto da obediência e da coragem para fazer sempre a vontade de Deus, mesmo nas circunstâncias mais difíceis.  Abaixo, aponto dez direções que podem ajudar a encontrar o verdadeiro caminho para a felicidade a partir de alguns princípios bíblicos: 

Perdão. Ninguém consegue ser feliz carregando a culpa de seus erros. A vida com Jesus é uma vida de arrependimento e perdão. Em Jesus, você encontra a felicidade de viver livre da condenação.

Encher-se do amor de Deus. Quando você busca satisfação noutras pessoas e coisas, elas falham.  Somente Deus é única fonte de sua felicidade. 

Alegrar-se em Deus.  Ser feliz é uma decisão diária. Mesmo quando tudo vai mal, você tem a vida eterna e a amizade, a proteção e o conforto de Deus. Em tudo, dai graças ao Senhor. 

Ser generoso. A verdadeira felicidade vem por servirmos os outros. A felicidade é algo que se multiplica quando você partilha. Não há maior alegria do que dar a sua vida em resgate do outro. 

Confiar. Entregue os seus problemas a Deus. Ele tem o controle da sua vida e sabe de tudo. Não permita que a ansiedade estrague sua felicidade. Deus não abandona você, nunca!

Ser gerado na palavra de Deus. Alimente-se da verdade diariamente. A palavra de Deus é fonte de riqueza e sabedoria para a nossa vida. 

Mostrai-vos gratos. Agradeça sempre e por tudo. Se olhar com atenção, perceberá que existem muitos motivos para agradecer todos os dias. Esse conselho é sábio e registrado em Colossenses 3,15. 

Encontre contentamento.  O contentamento é um dom de Deus que tem como origem a sua perspectiva da vida. Paulo expressa essa experiência ao escrever aos filipenses: “Sei viver na penúria, e sei também viver na abundância. Estou acostumado a todas as vicissitudes: a ter fartura e a passar fome, a ter abundância e a viver na necessidade” (Filipenses 4,13). 

Evite a inveja. Você pode combater a inveja buscando desenvolver a virtude da bondade. Isso irá ajudá-lo(a) a apreciar e valorizar as qualidades dos outros.  

Cultive amor pelas pessoas. O amor ao próximo é o maior de todos os mandamentos. Se compreendemos isso, entendemos tudo. 

Por fim, a felicidade não é algo que encontramos ou adquirimos, não é um lugar onde chegamos  nem são vitórias que conquistamos. Ser feliz é vislumbrar a inefável eternidade com Deus e não colocar a esperança apenas na brevidade desta vida (cf. 1Cor 15,19).

 

Érika C. Tartari
Postulante Comunidade Católica Pantokrator

 

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Como uma onda no mar

Quantas vezes você começou a fazer uma dieta e parou sem completar um mês na alimentação saudável? Começou a fazer uma atividade física e desistiu?

Leia mais »
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies