Conhecereis a Verdade

Verdade

“Disse-lhe Pilatos: ‘Que é a verdade?…’ (Jo 8,38), logo após Jesus ter declarado: “É para dar testemunho da verdade que eu nasci e vim ao mundo. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”. (Jo 8,37) Nessa ocasião, Pilatos ficou sem resposta.

O contexto em que vivemos hoje nos remete à uma crise do que é essencial. Se conseguem destruir a verdade, destroem o ser humano, pois a Verdade está em sua essência, foi ela quem nos criou.

“Eu Sou o Caminho, A Verdade e a Vida(Jo 14,6).

Todo homem anseia pela verdade, essa é uma busca primordial. O homem se alegra com as descobertas, se debruça nas investigações para conhecê-la. 

Porém, Pilatos era curioso, mas não desejava aderir ou se comprometer com a resposta de Jesus e ficou sem aquilo que não queria receber. Assim como muitos de nós, desejamos conhecer a verdade até o ponto em que ela não nos compromete e não exige aquilo que nós não queremos dar.

Diante dessa nossa fraqueza de caráter, o inimigo aproveita a brecha, distorcendo o conceito de verdade para diminuir sua força e amenizar seu impacto. Tenta-se reduzir a verdade a meras opiniões convenientes ou a pensamentos sobre a realidade, em especial daqueles que desejam impor suas ideias a qualquer custo.

Disse-lhe Pilatos: ‘Que é a verdade?…’ (Jo 8,38)

A distorção do conceito de verdade eleva as opiniões e relativiza o que é absoluto, pois a Verdade é uma só, é o fato em si, mas as opiniões são inúmeras, as percepções são variadas sobre o mesmo fato. Ora, não são as opiniões e percepções que fazem o fato, mas o fato que as gera. Portanto o fato é mais importante, nele contém a verdade a ser descoberta por quem a busca de forma sincera.

Ao relativizar o que é absoluto, caímos numa armadilha, pois, mesmo que acreditemos na mentira de que “cada um tem a sua verdade”, as várias “versões de verdade” mais comumente conhecidas como opiniões ou percepções, não têm o poder de mudar o fato, apenas podem encobri-lo, distorcê-lo, mas não o muda e nem evita suas consequências.

O fato de sentar-se numa cadeira alta acreditando que está sentado no chão, não vai diminuir o impacto do tombo ao cair dela.

É correto afirmar que cada um deve viver de acordo com a “sua verdade”?

Cada um vive de acordo com suas percepções da verdade, pois ela não está em posse de uma pessoa, ela é uma Pessoa. Como nossa vida é consequência de nossas escolhas conscientes e inconscientes, decidimos com base em nossas percepções de mundo de acordo com nossa própria história de vida, porém isso pode ou não corresponder com a verdade.

Devemos ter muito cuidado ao nos acomodarmos em nossas próprias opiniões, pois podemos entrar numa instabilidade interior onde a segurança já não existe, sem âncoras fixas a vida fica “ao sabor das ondas”. Quando encaramos a vida somente segundo nossas próprias concepções dos fatos, esse fechamento pode nos levar ao engano. Qualquer narrativa que nos pareça razoável em concordância com nossas opiniões, nos convence, mesmo que não seja verdadeira. 

Quando deixamos de buscar a verdade do fato e nos contentamos com suas versões, damos abertura às ideologias. Quanto mais recebemos coisas prontas que aparentam muita inteligência (lembremos que o inimigo tem inteligência muito superior à nossa), mais alimentamos nossa preguiça de raciocinar e buscar a verdade, e tendemos a aderir ao conveniente. Nessa dinâmica muitos vêm sendo “cevados”, aceitam opiniões inteligentes como verdade absoluta e se fecham ao diálogo. 

Verdade manipulada.

Nosso contexto é inundado de “fake News”, notícias distorcidas, recortadas, inventadas, com o intuito de reger e dominar o pensamento das pessoas, visando um objetivo pontual. Nada na mídia, tradicional ou não, é “inocente”, tudo tem seu propósito.

Sou formada em comunicação social em tempos que nem se falava em “fake News”, o nome era “manipulação” mesmo! No mínimo, mensagens subliminares. Por exemplo, tudo em uma propaganda de algum produto é pensado até aos detalhes para atingir certo objetivo.

A comunicação é algo primordial na convivência humana, se ela é dominada o ser humano é dominado. Por isso toda confusão é proposital, para fazer com que as pessoas cansadas, desistam de buscar a verdade e “se entreguem às fábulas”. 

Eis o perigo: quem domina a palavra, domina o pensamento. Deus é a Palavra que liberta o homem, a mentira é a palavra que o escraviza, por isso vemos tanto ataque à verdadeira palavra, tanto anseio em criminalizar o verbo. E isso é bem antigo…

“E a Palavra se fez carne e habitou entre nós” Jo 1,14

Deus é o Todo Poderoso, Ele é a Palavra que criou o universo! O inimigo quer fazer uma caricatura de Deus, manipulando a palavra e deformando a verdade, para submeter a si as consciências e destruí-las. Quer nos tirar a sanidade e lançar-nos à loucura. 

No fundo, tudo é uma grande e complexa batalha espiritual, dentro e fora de nós. É a velha guerra que o mal já perdeu, mas não desiste do estrago que pode fazer. Por vingança e orgulho quer destruir a obra de Deus. Assim, as únicas formas de se vencer uma batalha perdida são: convencer o combatente a se dar por vencido e mudar de lado ou levá-lo a desistir da luta.

A boa notícia é que nos foi dado o caminho da vitória: o conhecimento de Deus!

“Se permaneceres na minha palavra, sereis meus verdadeiros discípulos; conhecereis a verdade e a verdade vos livrará. Se portanto, o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres.”. (Jo 8,31-32.36).

Jesus venceu no deserto com a Palavra, com a mesma palavra com que foi tentado, dando a ela o real significado. Desde lá o inimigo tenta deturpar seu sentido real para nos fazer sucumbir, mas se seguirmos o exemplo do Mestre, confiando e apostando na única palavra que nos traz a verdade, com ele também sairemos vencedores!

Rosana Vitachi
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Vinho

SEM VINHO, SEM VIDA!

Deus escolheu o vinho. De tantas e tantas possibilidades de milagres para iniciar sua vida pública, Jesus optou por transformar água em vinho. Já parou

Leia mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies