A cotidianidade de Santa Teresinha

Que alegria falar de Santa Teresinha! Essa Santa Carmelita tão importante para nosso “Carisma El Shadai Pantokrator” e que também é a padroeira das missões.

No ministério do Papa Bento XVI ela recebeu o título de Doutora da Igreja, doutora da infância espiritual. Em carta pública, o Papa deu a ela este título pela vivência de um autêntico espírito missionário, sem que ela ao menos saísse do Carmelo.

A infância de Santa Teresinha

Em 02 de janeiro de 1873, em Alençon na França, nasce Teresinha, a filha caçula de Zélia e Luis Martan, uma piedosa família francesa, de posses e muito temente à Deus. O casal teve oito filhos, destes, três morreram com pouca idade. 

As irmãs de Santa Teresinha eram: Maria, Paulina, Leônia e Celina. Todas se tornaram freiras, sendo que três foram carmelitas, como Santa Teresinha, e uma delas da Ordem das Visitandinas (Ordem da visitação).

Durante sua infância, Teresinha viveu episódios que não são comuns para uma criança e que podemos dizer que a levaram a amadurecer precocemente em alguns aspectos. 

Quando bebê, precisou ser levada a uma outra família para ser amamentada por uma ama de leite, pois sua mãe não a pode amamentar. Ao retornar para sua família, passou poucos anos com sua mãe, pois logo foi diagnosticado um câncer e Zélia faleceu quando Teresinha tinha apenas 4 anos.

 Após perder sua mãe, ela adota uma de suas irmãs mais velhas, Paulina, como sua “segunda mãe”. Tinha grande apego e confiança em sua irmã. Porém Paulina sente o chamado e vai para o convento, e Teresinha se vê novamente sem sua mãe.

A adolescência de Santa Teresinha e o Natal de 1.886

Após a ida de sua irmã para o convento, Teresinha se vê tomada de uma profunda tristeza e adoece. Seu pai e irmãs ficam preocupados com a situação da doce menina. E se unem e oração a Deus pela sua vida. 

Até que um dia, contemplando a imagem da Virgem, Nossa Senhora das Vitórias, Teresinha vê a imagem sorrir para ela. E então a menina fica curada de sua enfermidade; depois disso, ela atribui à imagem o nome de “Virgem do Sorriso”, pelo fato da imagem ter sorrido para ela. 

Apesar de ser marcada por acontecimentos que a fizeram amadurecer desde a infância, Teresinha teve em sua adolescência a necessidade de deixar sua postura infantil e sua extrema sensibilidade. Isso ocorreu no Natal de 1886, quando ela teve uma profunda conversão.

O fato é que até aquela data, era costume em todos os natais seu pai deixar o presente de sua filha Tereza nos sapatos na lareira. Ocorre que aquele ano, ele disse que “enfim era o último ano”, mas não havia percebido que Teresinha escutava suas palavras perto da sala.

Teresinha ficou magoada com as palavras e subiu ao seu quarto, mas, ao sair do quarto, já não era mais a mesma; Jesus, seu amado, havia tocado seu coração e o transformado.

Tamanho era o amor de Teresinha por Jesus que, aos 15 anos, foi com seu pai pedir autorização ao Papa para entrar no Carmelo, pois por conta de sua pouca idade só poderia entrar anos mais tarde; ela conseguiu a autorização para entrar e de lá nunca mais saiu.

A pequena via de Santa Teresinha

Santa Teresinha tinha uma alma pequena e nos ensina a sermos santos na pequenez, ter atitudes em que nos assumimos incapazes, que nos levam a sermos pequenos e a dependermos totalmente de Deus. Ensina que devemos ser eternas crianças para que Deus faça tudo por nós, sermos inteiramente dependentes de Sua misericórdia.

Teresinha mostra com sua vida que precisamos correr para os braços de Jesus; Ele é o elevador que nos recebe e nos eleva até o Céu. Assumirmos nosso nada e que Ele é tudo em nós.  

Somos chamados a uma vida extraordinária a ser vivida no ordinário de nosso cotidiano. É na simplicidade do dia-a-dia que buscamos a santidade comum.

As pequenas atitudes, se realizadas com amor, salvam almas. Teresinha buscava realizar tudo com amor, mesmo as atividades mais simples do seu dia, as que ela não gostava de realizar ou que eram difíceis por conta de sua fragilidade física, tudo era feito com amor para entregar a Jesus no fim do dia, como um ramalhete de flores.

“Do Céu farei cair uma chuva de rosas sobre a terra”

As rosas na imagem de Santa Teresinha são uma promessa que ela fez antes de sua morte. Santa Teresinha disse: “Do Céu farei cair sobre a terra uma chuva de rosas!”. As rosas simbolizam a intercessão de Santa Teresinha por todos aqueles que a procuram em oração. 

Sobre a morte, certa vez disse: “Eu não morro, entro para a vida”. Quando faleceu,, aos 24 anos, todo o convento onde ela estava ficou com um perfume de rosas. Teresinha teve uma breve vida sobre esta terra, porém uma intensa vida de oração e de entrega a Jesus, seu amado.

Várias são as frases de Santa Teresinha que nos tocam, nos levam a Jesus, mas a que coloquei abaixo considero a mais importante, pois fala sobre o que realmente vale a nossa vida que é o Amor, o amor que ordena todas as coisas e é nossa verdadeira vocação.

“Ó Jesus, meu amor… enfim, encontrei minha vocação: é o amor!
Sim, encontrei o meu lugar na Igreja, tu me deste este lugar, meu Deus. No coração da Igreja, minha mãe, eu serei o amor e desse modo serei tudo, e meu sonho será realizado.” (Livro História de uma alma).

Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, rogai por nós!

Taciane Oliveira Fardin
Postulante da Comunidade Católica Pantokrator

Tags:

  ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Recomeços

A multidão se aglomera, alguém começa a contagem regressiva e, de repente, eles começam a explodir no céu. Eles são lindos, de diversas cores e

Leia mais »
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies