A confiança faz milagres

Confiança

O que você entende por confiança em Deus? Você consegue se abandonar inteiramente nas mãos d’Ele e confia de maneira concreta em Sua Palavra? Não? Então hoje eu te convido a fazer uma breve reflexão sobre esse abandono.

É muito difícil hoje confiarmos nas pessoas. Está cada vez mais complicado e até raro de achar pessoas em quem podemos confiar e esperar atitudes maduras e corretas. Somos levados a ter uma atitude de desconfiança constantemente, pois muitos dos que estão ao nosso redor não são confiáveis.

Mas a questão aqui é que nós, cristãos, temos em quem confiar. Temos mesmo! O nosso Deus é um Deus fiel e apaixonado por cada um de nós. E quando entendemos isso, a nossa vida muda, a esperança entra em nossos corações e nos tornamos pessoas mais felizes e seguras, pois sabemos em quem pusemos a nossa confiança.

A Palavra de Deus

No Salmo 129, versículo 4, vemos o salmista proclamar esta confiança:

“Ponho a minha esperança no Senhor. Minha alma tem confiança em sua palavra.”

E é isso mesmo que temos que viver. A Palavra de Deus tem poder e transforma o mal em bem. Mas para que isso aconteça, precisamos ter fé e acreditar nesse poder que nos é dado de maneira gratuita e fiel.

A nossa oração deve sempre pedir, clamar a graça de aprender a viver essa confiança e abandono. Se pedirmos a Deus, Ele nos concederá essa graça e nos manterá firmes no caminho. No Salmo 142, versículo 8, vemos: “Fazei-me sentir, logo, vossa bondade, porque ponho em vós a minha confiança. Mostrai-me o caminho que devo seguir, porque é para vós que se eleva a minha alma.”

É fundamental vivermos a esperança cristã, para que tenhamos acesso aos frutos dela. Se mantivermos nossos olhos voltados para o mundo, seus pecados e combates, não conseguiremos levantar os nossos olhos aos céus. A nossa igreja nos ensina a viver na terra, mas com a esperança e confiança nas alegrias da eternidade.

Uma confiança inabalável

Santa Teresinha do Menino Jesus, a exemplo da Igreja, buscou viver somente para o céu dando passos concretos de busca pelos bens eternos, que só se conquista com a santidade. Nenhum obstáculo era razão para que ela desistisse dessa busca no amor. Nenhuma pedra no caminho foi suficiente para fazê-la cair e não levantar.

Ela viveu buscando e acolhendo sorridente as provações, perseguições e humilhações. Nada poderia afastá-la de sua vocação e seu chamado. Várias pessoas diziam sobre Santa Teresinha que: “Nas dificuldades da vida, sua esperança era invencível”, “A confiança em Deus tornou-se como que o sinete especial de sua alma”, “Era inacessível ao desânimo”.

A Santa Teresinha do Menino Jesus mostrou, em toda circunstância, “uma confiança inabalável, uma confiança infantil, não duvidando jamais do êxito de sua oração. Pedir uma graça e ter a certeza de alcançá-la parecia-lhe perfeitamente natural, pois que se dirigia a um Pai infinitamente bom e Onipotente. Queria ser Santa e contava com Nosso Senhor para atingir esse fim. De que o alcançaria, jamais se lhe apresentou ao espírito a mínima dúvida”

Firmar de maneira segura nas mãos de Deus

Então, meus irmãos, somos chamados a também viver essa falta de acesso ao desânimo. Essa confiança extrema e segura de que Ele, sendo Deus bom e onipotente, nos ouvirá. Se fixarmos os olhos em Deus, Ele nos guiará e nos conduzirá ao céu. Para vencermos as dificuldades que nos abatem, constantemente, podemos nos firmar de maneira segura nas mãos de Deus. Ele é o único capaz de nos responder com fidelidade à nossa confiança e abandono.

Segundo o Salmo 145, no versículo 3: “Não coloqueis nos poderosos a vossa confiança, são apenas homens nos quais não há salvação.”

Não podemos nunca colocar a nossa confiança nos homens. Todos os homens são de natureza humana e pecadora. Então, nada mais lógico que, a partir disso, nós sejamos capazes de pecar e cometer erros. Se cada um de nós é passível do pecado, então a única pessoa em que podemos verdadeiramente confiar e nos abandonar é Deus! Ele é, Ele foi e sempre será!

Devemos também ser humildes para deixar Deus agir em nós e através de nós. Não podemos ser os donos da verdade e agirmos na arrogância, como se fôssemos os melhores. Temos que abaixar o nosso corpo, em pose de submissão, para que Ele possa vir e agir! “Que teu coração deposite toda a sua confiança no Senhor! Não te firmes em tua própria sabedoria! (Provérbios 3, 5)”

A promessa de Deus

Precisamos aprender a viver a humildade de maneira bem concreta para podermos ser submissos à vontade de Deus nas nossas vidas. Somos todos chamados a uma vida de confiança n’Ele.

“Os que põem sua confiança nele compreenderão a verdade, e os que são fiéis habitarão com ele no amor: porque seus eleitos são dignos de favor e misericórdia. (Sabedoria 3, 9)” Somos filhos da graça e do amor. Se formos fiéis e confiantes, seremos dignos de favor e misericórdia. A promessa de Deus em nossas vidas é de vitória. Não somos chamados para viver uma vida de derrota e desconfiança.

Em Eclesiástico 11, 22, recebemos um grande conselho, sábio e ponderado: “Não prestes atenção ao que fazem os pecadores; põe tua confiança em Deus, e limita-te ao que fazes.” Muitos se revoltam porque os maus continuam sendo maus e nada acontece na vida deles. Por que tentar ser justo se aqueles que fazem o mal continuam impunes aqui na terra?

É justamente disso que esse versículo nos fala. Não olhe para o lado, nem direito, nem esquerdo. Fixe seu olhar no que fazes, e se submeta ao poder de Deus a todo instante. Deixe-se ser guiado através desse amor poderoso que tem poder de tudo transformar, tudo curar, tudo realizar.

Clamemos então, meus irmãos, que Deus, em Sua infinita misericórdia, possa nos tocar e derramar em nós a graça da confiança absoluta e imutável.

Que Ele nos abençoe!

Leila Engels
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Tags:

  ●    ●    ●    ●  

Compartilhe:
WhatsApp Image 2022-11-16 at 00.03.22
Faça a sua doação e ajude a manter a nossa comunidade ativa e próspera

Conteúdos Relacionados

Livro

O Livro que eu sou

Hoje te convido a uma viagem especial, descalce os sapatos e deixe-se levar na estrada das palavras desta breve reflexão. Imagine que seus pés caminham

Leia mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies